Operador de telemarketing: conheça alguns de seus direitos!

Operadores de telemarketing costumam ter bastante dúvidas sobre seus direitos trabalhistas. É muito comum que as empresas que trabalham com teleatendimento sigam normas bem diferentes e várias vezes registram seus colaboradores de outra maneira, confundindo os funcionários.

Qualquer pessoa que trabalha como operador de telemarketing está protegida não somente pelas regras comuns da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), mas também conta com outros tipos de benefícios algumas vezes negligenciados.

De acordo com a Norma Regulamentadora 17 (NR-17), a jornada de trabalho deve ser de no máximo seis horas por dia, com um limite de 36 horas por semana. Caso isso seja ultrapassado, conta como hora extra e o funcionário tem o direito de receber por isso.

Durante a jornada, o colaborador pode (e deve) fazer 20 minutos de descanso, divididos em duas pausas de 10 minutos consecutivos cada. O não cumprimento também deve virar hora extra. Vale lembrar que durante este período, o indivíduo deve sair de sua mesa de trabalho, desfrutando realmente de um descanso para se alimentar ou resolver assuntos pessoais, por exemplo.

Operadoras de telemarketing possuem, ainda, uma vantagem. Quando a funcionária é mulher e deve fazer horas extras (passar das seis horas diárias estipuladas), elas possuem o direito de descansar por mais 15 minutos antes de reiniciar o trabalho. Isso acontece seguindo as medidas de proteção ao trabalho das mulheres.

Fique atento! Ao passar de seis horas de trabalho, todos têm direito a uma hora de almoço, conforme diz a CLT para todas as categorias.

Fonte: Direitos do operador de telemarketing – call center, por Thiago Costa Prates, no link https://tprates.jusbrasil.com.br/artigos/262739622/direitos-do-operador-de-telemarketing-call-center

«
»

One comment on “Operador de telemarketing: conheça alguns de seus direitos!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *